4 de fev de 2011

0

Dúvidas femininas sobre fertilidade masculina!







Caxumba deixa o homem estéril? Espermatozóides sofrem alterações no DNA? Qual a mulher que nunca teve dúvidas sobre a fertilidade masculina? Para matar a curiosidade, o Vila Mulher conversou com Sandro Esteves, andrologista graduado pela Fundação Cleveland Clinica, nos Estados Unidos, e Diretor do Centro de Referência em Fertilidade Masculina, em Campinas.
Confira abaixo alguns mitos e verdades sobre o assunto - tudo o que você quis perguntar, mas não teve coragem.








Caxumba realmente deixa o homem estéril?
Depende. Se ocorrer após os 12 anos de idade e inflamar os testículos, existe um risco de o homem ficar infértil, que varia de 30-50%, dependendo de a inflamação ocorrer de um ou ambos os lados dos testículos, respectivamente. O vírus da caxumba pode causar uma inflamação nos testículos chamada orquite viral, que mata as células germinativas que dão origem aos espermatozóides. Na maioria dos casos, o testículo volta a produzir os espermatozóides depois da infecção, mas na proporção que mencionei haverá alteração da fertilidade que pode variar de uma alteração leve na quantidade e qualidade dos espermatozóides, até uma alteração gravíssima, levando à esterilidade. A prevenção é a vacinação.
Cigarro interfere no número de espermatozóides?
Não, o cigarro não diminui o número, mas sim a qualidade dos espermatozóides. Muitas pesquisas indicam que homens que fumam têm uma quantidade maior de leucócitos no sêmen. Os leucócitos são os glóbulos brancos que defendem o organismo das agressões. Quando em excesso, eles liberam os radicais livres do oxigênio, que são substâncias extremamente nocivas, as quais atacam tanto as membranas dos espermatozóides quanto o material genético dos mesmos, diminuindo a sua função e, conseqüentemente, podendo causar infertilidade. Este fenômeno é denominado "estresse oxidativo".
Álcool e drogas causam infertilidade?
Sim. Existem estudos indicando que o excesso de álcool e drogas altera os hormônios da hipófise (glândula localizada no cérebro e que produz diversos hormônios, entre eles, o FSH e o LH, responsáveis por estimular os testículos a produzir os espermatozóides e a testosterona). Não se sabe ao certo qual o limite de álcool, pois há uma grande variação individual e também o tipo de bebida. Quanto às drogas, estudos indicam que maconha, cocaína e heroína são as mais nocivas para a fertilidade.
Tumores nos testículos é sinal de infertilidade?
Não, pois homens que tiveram um dos testículos removidos por tumor podem ser pais sem auxílio de tratamento. Entretanto, a remoção de um dos testículos acometidos por um tumor diminui em 50% a quantidade das células germinativas, que originam os espermatozóides. Assim há maior dificuldade destes homens engravidarem suas esposas naturalmente, e alguns deles terão que recorrer às técnicas de reprodução assistida para serem pais. Felizmente, hoje as técnicas estão avançadas e têm ajudado muitos homens com infertilidade.
Assim como os óvulos, dependendo da idade do homem, os espermatozóides sofrem alterações no DNA?
Alterações no DNA espermático iniciam-se a partir dos 35 anos de idade. Existe o risco de mutações do material genético do espermatozóide, que aumenta com a idade. Para se ter uma ideia, o risco de um homem com mais de 40 anos de idade gerar uma criança com uma malformação é o mesmo do que o risco de uma mulher na faixa de 35-40 anos ter um filho com síndrome de Down. Portanto, pode-se dizer que, de forma geral, o risco de um homem com mais de 40 anos ter um filho com algum problema sério de nascença é 20% maior do que aqueles com menos de 40 anos de idade.
Usar lap top no colo pode contribuir para a esterilidade masculina?
Essa é uma pergunta de muitos pacientes em consultório. Na verdade, os testículos são um órgão localizado fora do resto do corpo, e isso tem uma razão. Para funcionarem bem, eles precisam estar a 1,5 ou dois graus Celsius abaixo da temperatura corpórea. Portanto, não é recomendado o uso de computadores no colo, uma vez que eles aquecem a região íntima. Já existem estudos que relacionam esse hábito a uma possível esterilidade.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Regras dos Comentarios

1) Esse Blog não é uma Democracia, se o seu comentário não tiver nada a ver ele será deletado..

2) Não são permitidos:
- Palavrões
- Ofensas
- Propagandas
- Pornografia


*Se o seu comentário não se encaixa na descrição acima, fique a vontade e deixe sua opinião.

Vale o Click

Related Posts with Thumbnails