15 de dez de 2010

0

Assunto de Mulher!!! Será que eu sou frígida?




A pergunta que gira em torno da cabeça da maioria das mulheres, ocorre pela falta de informação e pela confusão criada em torno do palavra frigidez. Palavrinha pesada, o termo foi substituído e, hoje, é conhecido como Disfunção do Desejo Sexual, que significa a falta de prazer na hora do ato sexual.

A disfunção está presente na vida de muitas mulheres que, por desinformação ou vergonha, abdicam do prazer sexual. De acordo com o Dr. Oswaldo M. Rodrigues Jr., Psicoterapeuta Sexual e diretor do Instituto Paulista de Sexualidade, “as mulheres devem prestar atenção nas mudanças ocorridas no seu cotidiano, se está ocorrendo inibição ou ausência de desejo sexual, dificuldade de excitação sexual, tanto física como mental ou a dificuldade de obter orgasmos” afirma.

Os fatores que influenciam para que a disfunção se desenvolva, são múltiplos e, podem estar relacionados à valorização e construção de papéis que antes não cabiam as mulheres, gerando ansiedade e depressão. “A identidade feminina ainda está dirigida a outros aspectos da vida como: dedicação ao trabalho, filhos, casa e a procura estética. 

O sexo ainda não tem prioridade suficiente para que os comportamentos pró-sexuais sejam aprendidos durante a infância e adolescência” ressalta o terapeuta.

Oswaldo ainda observa que, a mulher ainda não foi criada para que seu prazer sexual seja atendido. “O sexo pelo prazer ainda não é uma função reconhecida pela mulher como um objetivo de vida. A identidade feminina ainda é mais dirigida a outros aspectos da vida como: ser uma excelente dona de casa, uma mãe completa ou uma esposa companheira”, explica.

O tratamento para a disfunção pode ser feito individualmente ou em casal, sempre com o enfoque na sexualidade. “Infelizmente, a procura do tratamento só ocorre quando o sofrimento por causa de uma possível perda de relacionamento, considerado importante, ocorre. O que demonstra que as atividades sexuais, até que haja sofrimento, não são vistos com a importância que deveriam”, finaliza.
 

Dr. Oswaldo M. Rodrigues Jr.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Regras dos Comentarios

1) Esse Blog não é uma Democracia, se o seu comentário não tiver nada a ver ele será deletado..

2) Não são permitidos:
- Palavrões
- Ofensas
- Propagandas
- Pornografia


*Se o seu comentário não se encaixa na descrição acima, fique a vontade e deixe sua opinião.

Vale o Click

Related Posts with Thumbnails